TOP campeonatos de voleibol

Volei 2009

O voleibol é um esporte mundialmente conhecido, estando hoje entre os mais populares, como futebol, futebol americano, basquete e baseball. Movimentando milhões de dólares em apostas no mundo todo, a modalidade tem uma legião de fãs e telespectadores, um público fiel que acompanha de perto tudo o que acontece nas principais ligas e campeonatos.

É sobre essas competições que iremos falar neste artigo hoje, apresentaremos as principais competições de voleibol de todo o planeta, se você não conhecer algumas delas, pode começar a acompanhá-las para se divertir com um esporte que é pura competitividade. O voleibol é um esporte totalmente coletivo, o que o torna muito interessante, diferente de outros esportes, não basta que o astro do time jogue bem, todos tem que estar em sintonia e com muito entrosamento para que a equipe faça uma boa partida.

O jogo não possui tempo para acabar, um aspecto muito diferente dos outros esportes que contam com o tempo para determinar o fim de uma partida. No voleibol o que decreta o fim de cada rodada, que são chamados de sets, é a pontuação, o primeiro time a alcançar 25 pontos tendo uma diferença mínima de 2 pontos para o time adversário, é o vencedor do set.

Detalhes e regras gerais do voleibol

Um jogo de voleibol é disputado em até 5 sets, organizado como uma melhor de 3, ou seja, se alguma das equipes fizer 3 sets antes já é considerada a vencedora e a partida é encerrada, esse quesito deixa as partidas mais acirradas. Cada jogada é iniciada pelo saque, depois disso cada equipe só poderá dar no máximo 3 toques na bola antes de devolver para o lado oposto da rede, não podendo o mesmo jogador tocar 2 vezes seguidas na bola, o objetivo é fazer com que a bola acerte o chão do lado adversário, aí sim marcando 1 ponto.

Cada equipe é formada por 12 jogadores, sendo 6 titulares e 6 reservas, tendo 1 técnico cada time. Esses 6 jogadores que ficam em quadra se dividem em receptores, que recebem a bola da equipe adversária, os levantadores, como o próprio nome diz são os que levantam a bola, os atacantes, que são quem finaliza a jogada cortando para o lado adversário, há ainda os bloqueadores, que são aqueles que ficam perto da rede tentando impedir os atacantes adversários de finalizar as jogadas. Detalhe para o sacador, que é quem inicia as jogadas do time, essa posição não tem um jogador fixo, os jogadores vão se revezando durante a partida.

A Federação Internacional de Voleibol (FIVB) é uma entidade de nível internacional, que organiza as atividades do voleibol no mundo todo, além de coordenar as principais competições do esporte, hoje possui 222 membros, federações nacionais de vários países.

A criação da federação em 1947 ocorreu depois de discussões entre federações nacionais europeias, que enxergavam a necessidade de uma instituição para gerenciar o voleibol em nível internacional, resultando na criação de um Congresso Constitutivo em 1947, com a presença de 14 países, alguns deles muito influentes como, Brasil, Bélgica, França, Itália, Portugal e Estados Unidos, por exemplo, neste congresso entre 18 e 20 de abril que foi instituída a criação da FIVB.

Existem muitos campeonatos de voleibol ao redor do mundo, mas alguns deles se destacam por serem de nível internacional, trazendo mais visibilidade e mais mídia para os times que os disputam, iremos abordar logo em seguida essas competições, falando de suas peculiaridades e quando ocorrem, mencionaremos também uma competição aqui do Brasil que é de altíssimo nível, muito emocionante para se assistir.

Torneio Olímpico de Voleibol

Voleibol 2009

O voleibol entrou nos jogos olímpicos em 1964 e hoje é o torneio mais visado dentro do esporte, o time que se destaca nessa competição com certeza é conhecida pelo mundo todo, trazendo grande prestígio para a equipe e, consequentemente, atraindo patrocinadores de peso para que o time cresça mais ainda.

A competição até 1972 era bem direta, todos os times se enfrentavam e no final o time com mais vitórias era o campeão, depois dessa época foi criado o formato com quartas de final, as semifinais e as finais, o que deixou o torneio mais emocionante, tanto que até hoje esse é o método adotado para a disputa.

A cada 4 anos 12 seleções se enfrentam no torneio, dessas 12 equipes, 1 é o anfitrião por ser o país que está sediando os jogos olímpicos, outros 2 são classificados através da Copa do Mundo, 5 são vencedores dos Torneios Qualificatórios Continentais e as últimas 4 vagas são de Qualificatórias Mundiais.

Campeonato Mundial de Voleibol

Esse campeonato ocorre de 4 em 4 anos e foi o primeiro que a FIVB organizou, é considerado o segundo mais relevante dentro do esporte, tendo sido criado em 1949 para os homens e 1952 para as mulheres. O formato da competição tem sido bastante alterado ultimamente para se adequar à quantidade de equipes, mas basicamente é formado por 24 equipes, tendo um dos processos de classificação mais difíceis e longos do esporte, chegando a durar cerca de 2 anos em alguns continentes.

A seleção do país onde ocorre o evento já está classificada, o campeão da última edição também já está dentro do campeonato, enquanto o restante das vagas ficam divididas entre as confederações continentais, onde a Europa costuma ter a maior quantidade, já a África e a América do Sul possuem uma a menor quantidade de vagas para disputar a competição.

Copa do Mundo

A Copa do Mundo forma o tripé de competições mais importantes do voleibol, ao lado dos Jogos Olímpicos e do Campeonato Mundial de Voleibol. Para os homens a copa teve início no ano de 1965 e para as mulheres em 1973. Junto com as outras 2 disputas já citadas acima, formam os torneios que mais pontuam para o ranking mundial da Federação Internacional de Voleibol.

A Copa do Mundo quase chegou a ser extinta pela criação da Liga Mundial e o Grand Prix, mas a FIVB reformulou a competição fazendo com que a copa acontecesse sempre 1 ano antes dos jogos olímpicos, tornando-a também uma classificatória para as disputas olímpicas.

Superliga – Série A

Muitas competições nacionais aconteceram no Brasil, com diversos nomes, mas em 1994 surgiu a Superliga que é o campeonato nacional oficial até os dias de hoje. A Superliga é gerida pela Confederação Brasileira de Voleibol (CBV). A CVB é a instituição que organiza e coordena as competições nacionais no Brasil, seja do voleibol ou do vôlei de praia.

A instituição foi fundada em 1954 e hoje é considerada uma das mais organizadas confederações ligadas aos esportes no Brasil, tendo alcançado o feito de ser a confederação com 8 medalhas de ouro olímpicas conquistadas para o país. Então a Superliga é uma grande preparação para as equipes brasileiras se qualificarem para as competições internacionais.

Esperamos que tenhamos passado uma visão de quanto o esporte voleibol é organizado, com várias competições, muitas federações e, principalmente, grandes equipes que se preparam muito para trazer entretenimento de alto nível para os telespectadores que acompanham o esporte. Você que ainda não é muito íntimo do esporte saiba que você vai se apaixonar pela alta competitividade e pelo grande empenho coletivo que o esporte proporciona.

Para ficar ainda melhor, basta aproveitar para apostar nas partidas de voleibol, você pode fazer isso em diversos sites de apostas online. Com isso, vai poder colocar aquela dose extra de emoção nas partidas.