Vôlei no Brasil - História da Seleção, Principais Jogadores e Conquistas

Liga de voleibol

O vôlei ou voleibol, passou a ser conhecido no Brasil no ano de 1915. Mas, há divergências sobre quem trouxe o jogo ao país, porém foi exatamente nessa época que ocorreu a primeira partida de vôlei em Recife, estado de Pernambuco.

Apesar disso, o esporte, que hoje se tornou popular no Brasil, começou a ganhar força apenas no ano de 1923. Isso pelo motivo de ter sido o ano em que foi organizado o primeiro torneio no Rio de Janeiro, no qual o Fluminense foi o primeiro clube brasileiro profissional criado.

A partir deste momento, o vôlei foi tendo crescimento e adquirindo torcida, felizmente hoje se tornou um esporte bastante praticado, principalmente nas aulas de educação física. Repare que, após o futebol, hoje em dia o esporte do voleibol é o mais popular do Brasil.

Muitos anos atrás, o vôlei começou no país principalmente no nordeste, no Colégio Marista de Recife no ano de 1925. Nos anos posteriores, através da Associação Cristã de Moços da cidade de São Paulo, passou a ser espalhado por outros estados. Muito tempo depois, já no ano de 1954, aí que foi fundada a Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), inclusive ela até os dias de hoje é a instituição responsável pelo esporte no Brasil e por causa dela o vôlei foi consolidado no país.

No começo, o vôlei era um esporte considerado principalmente para as mulheres, pelo fato de ser pouco violento, não era praticado por homens. No decorrer do tempo, também foi sendo difundido no meio masculino e atualmente, além de possuir a modalidade de quadra, o esporte é jogado na praia também, sendo um esporte popular para os dois sexos.

Depois de sua criação, várias escolas de vôlei foram sendo criadas no Brasil, promovendo assim a propagação do esporte. O primeiro presidente da CBV era ex-jogador, Denis Rupet Hathaway, ele ocupou esta função por dois anos, de 1955 a 1957. Por conta do trabalho desenvolvido pela instituição, no momento o Brasil é um dos melhores países do mundo do voleibol.

Souza

Popularização do vôlei no país e início das conquistas

O vôlei começou a se fortalecer no Brasil apenas no século 20, mais precisamente no ano de 1977, no qual aconteceu o 1° Mundial Juvenil das categorias masculina e feminina. O resultado do jogo foi a conquista do terceiro e quarto lugar, respectivamente.

No ano de 1951, o vôlei masculino brasileiro ganhou seu primeiro grande destaque no Campeonato Sul-Americano. Porém, foi na década de 80 que a seleção masculina passou a ser estável no cenário mundial, o desempenho na época rendeu o apelido de “Geração de Prata” àquela seleção. E foi assim que a equipe conquistou mais uma vitória nos Jogos em 1983 e, no ano seguinte, a seleção conseguiu a sua primeira medalha olímpica, foi uma prata nos Jogos Olímpicos de Los Angeles.

O tão esperado ouro foi ganho na década de 90 pela seleção masculina. A seleção conseguiu isso ao vencer a final contra os Países Baixos no ano de 1992 nas Olimpíadas de Barcelona, conquistando a primeira medalha de ouro deste esporte para o país. Depois disso, o vôlei brasileiro conseguiu reputação mundial e começou a ter altos investimentos com a participação de bons jogadores, resultando nas consequentes vitórias.

No momento, a seleção brasileira de vôlei é conhecida como uma das melhores do mundo. A seleção masculina foi tricampeã mundial sendo: 1992, em Barcelona; 2004, em Atenas; e 2016, no Rio de Janeiro. A equipe ganhou ao todo seis medalhas olímpicas, três de ouro e três de prata. Abaixo, conheça alguns jogadores da seleção brasileira.

Yoandy Leal

Yoandy Leal

O jogador Yoandy Leal é cubano, naturalizado brasileiro. Pouco tempo depois de estrear pela Seleção Brasileira, o ponteiro já conseguiu conquistar o seu primeiro título na Copa do Mundo de Vôlei no ano de 2019.

Através do time Sada Cruzeiro, ele ganhou quatro títulos da Superliga Masculina, quatro Sul-Americanos e três Mundiais. Yoandy foi transferido para o Lube Civitanova e também conseguiu ser campeão mundial pelo clube italiano.

Ricardo Lucarelli

Ricardo Lucarelli

Ricardo Lucarelli foi Campeão Olímpico pela Seleção Brasileira no Rio de Janeiro, em 2016, o jogador precisou ficar oito meses fora das quadras, em recuperação por conta de uma cirurgia no tendão de Aquiles. No seu retorno aos jogos, ele conseguiu mostrar o motivo de ser considerado um dos melhores jogadores de vôlei do mundo.

O time Taubaté conquistou seu primeiro título da Superliga Masculina, através do desempenho do ponteiro e com isso ele foi nomeado o melhor jogador da competição. O jogador possui um ataque potente e se aperfeiçoou na recepção para auxiliar o Brasil a ser campeão da Copa do Mundo em 2019.

Alan Souza

Alan Souza

Alan Souza atua como oposto e é considerado um dos grandes jogadores do vôlei mundial atualmente. Ele foi responsável em substituir o craque Wallace na Seleção Brasileira. Alan já foi o MVP no Sul-Americano, além da Copa do Mundo. Na Superliga 2018/2019, o jogador conseguiu ser vice-campeão pelo SESI-SP e finalizou a competição como maior pontuador, alcançando um total de 395 acertos.

Na Seleção Brasileira, ele conseguiu se desempenhar muito bem conquistando o prêmio de melhor jogador em duas competições: o Sul-Americano, no qual o Brasil confirmou sua supremacia ao vencer pela 32ª vez, e a Copa do Mundo, onde conseguiu brilhar e ajudou o Brasil a ganhar a sua terceira medalha de ouro.

Giba

Giba

O jogador Gilberto Godoy Filho ou conhecido também como Giba, é considerado um dos maiores jogadores de vôlei da história, é complicado até encontrar um jogador que ganhou mais que ele, principalmente um que ganhou tanta coisa sendo tão decisivo para seu time ou seleção. Com a participação de Giba, o Brasil nunca deixou de conquistar medalha nas competições que disputou.

Giba já foi três vezes campeão mundial, além de conseguir conquistar três medalhas olímpicas, sendo duas de ouro e uma de prata. Ele também foi três vezes campeão do Campeonato Mundial, quatro Copas do Mundo e conquistou nada mais que doze Ligas Mundiais. Ele é um dos melhores jogadores e merecidamente também faz parte do Hall da Fama do vôlei mundial.

Tudo isso representa apenas uma pequena fração da história do voleibol brasileiro. O grande número de conquistas e a constante produção de jogadores de destaque no cenário internacional, certamente credenciam o país como uma das maiores potências do esporte.

Provavelmente por isso que muitos brasileiros que já são acostumados a apostar em futebol estejam começando a fazer isso em partidas de vôlei também. Como é um mercado relativamente inexplorado, apostar em jogos de vôlei é uma boa oportunidade de ganhar com apostas online.

Então não deixe de fazer seu cadastro nas melhores casas de apostas, aproveite os bônus de boas-vindas e tente a sorte com seus palpites.